Páginas

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

E por falar em boa música...

Assisti hoje ao ótimo recital realizado pelo violonista Gilson Antunes, no XX seminário de violão Henrique Pinto que acontece no Souza Lima com direção de Sidney Molina.
De modo bastante carismático, Gilson Antunes fez uma apresentação mais que artística e brindou o público com valiosas informações didáticas a respeito das peças executadas, de suas concepções artísticas e dos rumos da produção violonística atual. O concerto - que diga-se de passagem foi realizado com exuberância musical e técnica - percorreu três vertentes descritas pelo próprio músico: Antunes procura executar obras de jovens compositores que escrevem bem para o violão, obras de compositores importantes mas ainda pouco tocados e obras de compositores brasileiros do início do século XX que "levantaram a bandeira do violão quando isso era ainda mais difícil".  Sobre obras novas, Antunes tocou a bela "Et si le temps passe" de Elodi Bouny, peça que a compositora compôs especialmente para ele. A obra de Bouny exige técnica e sonoridades especiais do violonista e o concertista percorreu caminhos iluminados na sua execução. Também dedicada a ele a dificílima "Ankh" de Roberto Vitório encontrou em Antunes um interprete competente. Sobre os compositores importantes mas pouco tocados, ouvimos a Sonata nº1 de Almeida Prado, excelente peça em quatro movimentos que explora de modo engenhoso as possibilidades do instrumento e exige grande habilidade do instrumentista. Sobre os compositores do início do século XX, Antunes apresentou Marcha Triunfal e Abismo de Rosas de Américo Jacomino, Gotas de Lágrimas de Mozart Bicalho, Pertinho de meu bem de Glauco Vianna e Festa na Fazenda de Antonio Giacomino. Também fizeram parte do repertório obras de Ponce e Barrios. Gilson Antunes é um dos grandes violonistas da atualidade, com atuação de muito destaque no Brasil e exterior e em seu recital de hoje demonstrou performance arrojada e musicalidade sofisticada.

E por falar em boa música...


Caros leitores, o XX seminário de violão Henrique Pinto, realizado no Souza Lima com direção de Sidney Molina, disponibiliza todos os seus recitais gratuitamente para o público. São eles:

Hoje, 21h - Recital com Gilson Antunes.


27/01 - 12h - Recital com Marcelo Vani
             18h - Recital com Silvino Almeida
             21h - Recital com Daniel Murray




28/01 - 12h - Recital com Peterson Reinan
             18h - Recital com Cláudio Fraga
              21h - Recital com Paulo Porto Alegre


Ainda há tempo para quem quiser se inscrever e participar das aulas e palestras do seminário:
http://www.souzalima.com.br/eventos/2011/eventos2011_237.html


E por falar em boa música...


Ontem, dia 25/01/2012 aconteceu o recital abertura do "XX seminário de violão Henrique Pinto" no Conservatório Souza Lima. A apresentação foi do quarteto de violões Quaternaglia, que também comemora 20 anos de existência. O grupo passou por diversas formações e hoje é composto pelos destacados violonistas Christyan Dozza, Thiago Abdalla, Fábio Ramazzina e Sidney Molina (fundador do quarteto).
O recital demonstrou que o grupo desfruta de sua maturidade com técnica, musicalidade e sonoridade  refinadas. O interessante programa foi composto por obras de Torroba, Brower,Villa-Lobos e Bellinati, com destaque para a estréia da versão para quarteto de violões da Bachiana Brasileira nº 9 de Heitor Villa-Lobos, escrita por Thiago Tavares. O Quaternaglia explora com maestria os efeitos instrumentais que são possíveis para sua formação e ontem, o ponto alto neste sentido foi a ótima "Los caminos del viento" de Leo Brower. Sabe-se que música de câmara é um dos meios de expressão musical mais desafiadores para os instrumentistas, devido à dificuldade de se alcançar coletivamente padrões de interpretação, musicalidade e precisão técnica satisfatórios. Tais dificuldades se acentuam quando se trata de quatro instrumentos idênticos. Apesar disso, ao escutar o Quaternaglia, somos conduzidos com suavidade por sua sonoridade polida, pela diversidade de climas e atmosferas que o grupo oferece e, sobretudo, por sua musicalidade sofisticada, fruto de muitos anos de intenso trabalho. Recomendo que fiquem atentos à agenda do grupo e igualmente, a escuta do trabalho em seus CDs e DVD.

O site do Quaternaglia é: http://quaternaglia.com.br/

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Ensinando boa música...

Mais uma importante contribuição para a didática do violão: O livro " Na ponta dos dedos: exercícios e repertório para grupos de cordas dedilhadas", do Marcelo Brazil. Brazil, além de violonista atuante (atualmente toca violão no "Duo Violeta", ao lado de Rosa Barros na clarineta) é um experiente professor. Lecionou durante muito tempo em faculdade de música e adquiriu extensa experiência ensinando e regendo grupos de alunos de violão por mais de 15 anos no projeto Guri. Professor dedicado e arranjador competente compôs um grande número de arranjos para grupos de violão, incluindo diferentes vozes e partes do professor. Quem já teve alguma experiência com aulas de violão sabe que esse material, até então era inexistente. Eu pessoalmente tive contato com boa parte dessas partituras. Os arranjos são muito bonitos, equilibrados e prazerosos de serem estudados. Agora, Marcelo Brazil disponibiliza essa produção em um belo livro com as partes do professor e um CD com as partes dos alunos. O professor só precisa imprimir e distribuir para seu grupo tocar. Sem dúvida este livro é uma contribuição relevante e certamente ganhará espaço na bibliografia dos cursos de violão em grupo, atividade esta bastante presente nos cursos de música do no Brasil.

Marcelo Brazil é mestre em música pela Unesp. Seu blog é: http://brazildedilhadas.blogspot.com/



segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

E por falar em boa música...


No final do ano passado, próximo das férias escolares, ganhei do meu aluno Paulo Passos um exemplar do CD Vivendo de Truque, da sua banda de pop/rock Zabomba. Recebi o presente de bom grado e, como é meu propósito com todos os trabalhos que de uma maneira ou de outra chegam em minhas mãos, queria ouvi-lo com atenção. No entanto, confesso que já faz alguns anos que não tenho muita esperança de encontrar boa música nos meios pop ou rock, já que os veículos de mídia que estão ligados à essa produção são imbuídos de diversos interesses que confinam a música em planos secundários. Bom, este não é o caso do Zabomba! 
À primeira vista, fui surpreendido pela ótima concepção de capa do CD. A foto remete ao visual clássico dos Secos e Molhados (antigo grupo de Ney Matogrosso) e faz alusão a outros personagens famosos da cultura pop (incluindo Ney Matogrosso). Ao escutar o disco, o fiz do começo ao fim, ininterruptamente: as músicas prenderam minha atenção. Não fazia isso com CDs de pop e/ou rock há muito tempo. As dez faixas do CD do Zabomba (Vivendo de Truque, Mente, Teatro?, Os meus sonhos servem pra você vir me visitar, Luz da sala, Demorou no banho, Dó de mim, Parafuso na cabeça, Roma em chamas e Pra acalmar o turbilhão) são composições criativas que moldam boas letras. As performances instrumentais dos integrantes do grupo são excelentes. Todos os timbres são muito bons, destaque para as intrigantes partes de guitarra de Paulo Passos. Até mesmo os timbres eletrônicos que por vezes figuram nas canções não caem na mesmice. O vocalista Rapha Z tem boa voz e - coisa que não é frequente neste tipo de música - se preocupa em cantar bem! Ney Matogrosso,  faz uma participação especial na canção "Mente" e João Ricardo em "Teatro?".
Enfim, o Zabomba aponta para a possibilidade de fazer boa música e ser comercial ao mesmo tempo. Recomendo a escuta!
Vivendo de Truque foi gravado em 2011 no Estúdio Angels em São Paulo. Todas as faixas são dos integrantes do Zabomba, exceto "Teatro?" de João Ricardo e "Parafuso na cabeça" de Rogério Skylab. O Zabomba é formado por Rapha Z (voz), Paulo Passos (guitarra e efeitos), Beto Böing (contrabaixo) e Marcelo Bonin (bateria).



domingo, 22 de janeiro de 2012

E por falar em boa música...


Na próxima quarta-feira, dia 25/01/2012 o excelente quarteto de violões Quaternaglia realizará o recital de abertura do XX seminário de violão Henrique Pinto. O Quaternaglia é formado pelos destacados violonistas Sidney Molina, Fábio Ramazzina, Crystian Dozza e Thiago Abdalla. A entrada para o recital é franca e ainda estão abertas as inscrições para o seminário! 
Seguem maiores informações abaixo:


recital na abertura no XX Festival de Violão Henrique Pinto
(25/jan/2012 às 17h)

Entrada franca
No programa
:
Estreia das Bachianas Brasileiras n.9 de Villa-Lobos para 4 violões
Obras de F.Moreno-Torroba, P. Bellinati e L. Brouwer
Data e Hora
Quarte-feira, 25 de dezembro às 17 horas
Endereço:
Conservatório Souza Lima. Rua José Maria Lisboa 745
Mapa:
http://g.co/maps/mhy7t




sábado, 21 de janeiro de 2012

E por falar em boa música...


Há alguns dias recebi o novo CD do músico Raphael Ferreira, com quem tenho a alegria de dividir as turmas de harmonia no curso de música da Unisantanna. Trata-se de seu primeiro CD instrumental solo, intitulado Ultramar, integralmente autoral. Além de ter composto todas as músicas, o saxofonista também assina os arranjos das oito peças que compõem o trabalho: Andaluz, Figueira da Foz, Aldeia, Partir do alto, ciprestes, trípolis (Suíte Ultramar), Calunguiana e Balcanius. O projeto foi gravado ao vivo - diga-se de passagem, a melhor maneira para registrar este tipo de música - no estúdio NaCena em novembro de 2011 e nele tocam, além do compositor (Saxofones tenor e soprano), Fábio Leal (Guitarra), Sérgio Machado (Bateria), Felipe Silveira (Piano) e Sidiel Vieira (Contrabaixo acústico), todos músicos de alto nível.
O CD de Raphael Ferreira tem clima Jazzístico/Brasileiro, mas ao contrário do que acontece ás vezes, isso não faz dele um disco previsível. A cada faixa, fui surpreendido por belas melodias contrastantes entre elas, por climas igualmente intrigantes, por arranjos sofisticados e por um discurso musical fluente e descomprometido de responsabilidades estilísticas. Os sons de saxofone de Raphael Ferreira são perfeitos e sua concepção musical é de nível elevado. Como é comum em discos de jazz e música instrumental brasileira, este está recheado de improvisação, mas aqui, ela cumpre seu verdadeiro papel: o de contribuir para a música. É notável na criação e arranjos deste brilhante músico que os improvisos não são objetivo final, mas sim um dos diversos elementos que estruturam suas composições. Vale escutar este CD com atenção: ele merece espaço na mídia especializada e, como sempre acreditei, boa música é para todos! Espero que esta obra não encontre barreiras em selos da indústria cultural.
Raphael Ferreira é Saxofonista, compositor, arranjador, pesquisador e professor. Doutorando em música pela Unicamp. Seu website é: http://www.raphaelferreira.mus.br/




sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Caros leitores, é com alegria que anuncio uma pequena promoção!
Paras os três primeiros leitores que pedirem o livro de violão (diretamente para mim) , vai de presente um jogo de cordas Daddario Pró Art! O custo do livro é de R$24,90 + custos de postagem.
Abraços!


quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Caros leitores No ano de 2007 defendi um mestrado no Instituto de Artes da Unesp sobre o compositor Radamés Gnattali. Dentre outras coisas, descobri que este compositor escreveu entre 1949 e 1950 o 1º (e por enquanto único) concerto para guitarra elétrica do mundo! Ele se chama "Concerto Carioca nº1". Quem quiser ler, basta baixar o pdf gratuitamente no site da Unesp. Segue o link: http://www.ia.unesp.br/teses_de_pos/dissertacoes_musica/2007/dissertacao_mguedescorrea.pdf
Abraços para todos!

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Caros leitores, hoje fui buscar exemplares do meu primeiro livro. Acaba de ser impresso e editado pela Editora Criativo!
O livro se chama "Violão: tonalidades e acordes". Este será vendido em bancas de jornal. A proposta foi abordar de maneira prática todas as tonalidades maiores e seus acordes (tríades e tétrades). Não é necessário saber ler partitura para entender este material (mas deixo claro nos textos o quanto é importante saber ler música) e espero que seu conteúdo dê boas noções práticas de harmonia aos estudantes. O texto "Sobre o Autor" foi gentilmente escrito pelo mestre Sidney Molina. O livro tem 96 páginas, seu custo é de R$24,90 e pode ser adquirido nas bancas de jornais, na editora Criativo (www.editoracriativo.com.br) ou diretamente comigo. Agradeço ao Carlos Rodrigues e Jozé Luiz (da editora Criativo), ao Jorge Correa Jr pela realização das ilustrações didáticas, ao Sidney Molina pelo texto e por me ajudar mais uma vez e à Morgana Lira, por sua inabalável paciência e carinho!



segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Pessoal do violão! Estou com alguns jogos de corda Daddario Pro Art, extra high tension, e vou vendê-las pois não me adaptei muito bem com elas. O preço delas em loja é R$37,00 e vou vender por R$25,00. Se alguém estiver interessado, é só me escrever: marcio@marcioguedes.com.br
Abraços!
Tenho realizado um dos meus sonhos: trabalhar também como escritor! O ano de 2011 foi muito bom nesse sentido, pois fiz uma revista com um DVD aula, a convite do meu amigo Prof. Dr. Peter Dietrich. Neste ano de 2012 iniciei uma parceria com a Criativo Editora, uma editora séria que tem como objetivo principal a publicação de materiais didáticos em diversas áreas de conhecimento. Trabalhei em um livro sobre acordes para violão que deve começar a ser distribuído pela Criativo ainda este mês. Estou trabalhando em uma série de quatro revistas didáticas para guitarra que serão lançadas neste primeiro semestre. Estão nos nossos planos mais três livros didáticos de violão. Conforme este material for lançado, vou deixando-os informados ok? Pra quem quiser seguir a editora no Facebook, este é o link: https://www.facebook.com/pages/Criativo-Editora/199070226827953
Quem quiser o meu face: https://www.facebook.com/profile.php?id=100001257757960
Um grande abraço!

domingo, 15 de janeiro de 2012

E vamos estudar música! Um ótimo seminário de violão dirigido pelo Mestre Sidney Molina!
http://www.souzalima.com.br/eventos/2011/eventos2011_237.html
Abraços!
Esta é a revista "Guitarra Fácil" feita por mim e meu amigo Peter Dietrich, pela editora Case:


 Trata-se de uma revista com orientações sobre técnica, primeiros acordes e improvisação sobre a escala pentatônica. A revista vem com um vídeo aula em DVD. Neste vídeos, explico os conteúdos da revista e estimulo os alunos a tocarem junto com o vídeo. Quem quiser adquira-la, seu custo é R$19,90 mais valor da postagem.
Abraços!
Pra quem quiser ver, meu canal no youtube:
http://www.youtube.com/user/marcioguedesc?feature=mhee
Hoje, dia 15 de janeiro de 2012 inicio minhas atividades como Blogueiro. Neste blog pretendo postar notícias, lições, materiais, vídeos, aulas e tudo que se relacione com a boa música! Pretendo também mantê-los informados sobre minhas atuações como músico profissional (meus recitais de violão solo, com o Duo Güedalma, com o Grupo Les Folies e outros), como professor de música e como escritor. Em breve, divulgo minha mais recente video aula feita pela editora Case e minha série de trabalhos que estão sendo realizados em parceria com a excelente editora Criativo.
Pra quem não sabe, sou violonista clássico e popular e guitarrista, formado em música pela Faculdade de Artes Alcântara Machado (FAAM - SP) e mestre em música pelo Instituto de Artes da Unesp.
Convido-os a visitar meu site: www.marcioguedes.com.br e meu facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100001257757960
Um grande abraço e até amanhã!